A Terapia Analítico-Comportamental é uma modalidade de psicologia clínica, orientada por pela filosofia behaviorista radical de B.F. Skinner e evidências geradas por pesquisas básicas e aplicadas na ciência chamada Análise do Comportamento.

Os ­terapeutas comportamentais, também chamados analistas do comportamento, fazem uso da análise funcional da interação do indivíduo com aspectos do seu ambiente como o principal instrumento de intervenção terapêutica, com o objetivos de ampliar a consciência a respeito de comportamentos, seus contextos e produtos na vida do indivíduo, além de desenvolver autoconhecimento e estratégias de enfrentamento.

A terapia analítico-comportamental pode ser aplicada a indivíduos de diferentes faixas etárias, com diferentes enfoques e particularidades, nas modalidades individual e em grupo:

  • Crianças
  • Orientação de pais sobre práticas educativas
  • Adolescentes
  • Orientação Profissional
  • Adultos
  • Idosos
  • Casais
  • Pais
  • Famílias